Anuncie

(21) 98462-3212

Enxoval do filhote: confira os acessórios básicos para o seu pet

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Se você está decidido a ter um pet, é preciso providenciar um enxoval para o mascote. Foto: Carlos Ibanez/Unsplash

Não há dúvidas de que um animalzinho pode tornar a vida de um humano mais feliz. Mas, assim como eles fazem a nossa vida mais divertida, também é necessário fazer com que eles se sintam felizes, bem cuidados e saudáveis. Se você está decidido a ter um bicho de estimação em sua vida, para começar é preciso providenciar um enxoval para o mascote.

Todos os cães e gatos necessitam de acessórios básicos: potes de água e comida, coleira com placa de identificação, guia, caminha e brinquedos que proporcionem estímulos físicos e mentais.

Cães: artigos essenciais

CAMA. Antes de escolher a caminha para seu cachorro, pense no tamanho que ele terá quando crescer. Escolha um modelo confortável e grande o suficiente para ele se deitar de lado e com as pernas estendidas, e que também possa acomodá-lo quando ele chegar à fase adulta.  Há vários modelos de caminha: almofadão, com laterais altas, cabana, iglu, colchonete, com tecido antialérgico e feitas em plástico ou madeira, entre outros materiais. Dê preferência as que possuem forro removível e lavável e evite as feitas em vime, que são uma tentação para o cão roer.

POTES PARA COMIDA E ÁGUA. Os melhores modelos são os largos, pesados ou com base antiderrapante, para que não deslizem. Lave os recipientes diariamente.

COLEIRA E GUIA. Escolha pela praticidade e conforto. Uma coleira bem ajustada deve permitir a entrada de dois dedos. Os modelos mais utilizados são os de nylon e os de couro, com fivela. Coleiras largas e chatas são ideais para cães de pescoço longo, como o whippet, couro enrolado é indicada para os de pelos longos, como o golden retriever, por exemplo. Se o seu cão não tiver o formato ideal para a coleira comum, providencie uma peitoral. A coleira peitoral exerce menos pressão no pescoço de cães pequenos de pescoço largo, como o pug, ou dos que têm traqueia delicada, como o yorkshire e o chihuahua. Quanto à guia, escolha uma resistente, adequada para o tamanho do cão e confortável para você segurar e guiar o animal. Entre os modelos, há as de treinamento e as extensoras, que podem chegar até 10 metros e são mais indicadas para raças pequenas.

PLACA DE IDENTIFICAÇÃO E MICROSHIP. Serve como identidade do cão, no caso de ele se perder na rua. Use uma plaquinha ou medalha na coleira com o nome do animal e o contato do tutor. A outra forma de identificação canina é através do microchip, um dispositivo pequeno injetado sob a pele. Trata-se da forma mais eficiente de localizar o tutor de um animal perdido.

EQUIPAMENTO DE TRANSPORTE. O uso da caixa de transporte é necessário para manter seu animal seguro ao ser levado em uma viagem de carro ou ao veterinário. É um item obrigatório em viagens aéreas e em outros meios de transporte. Os modelos mais comuns são em plástico ou tecido.

Gatos: artigos essenciais

É necessário fazer com que os bichinhos se sintam felizes e bem cuidados.
Foto: Helga Kattinger/Pixabay

CAMA OU CESTO. Escolha um modelo e caminha que possa ser lavada em máquina de lavar roupas e evite os tecidos sintéticos, que retêm eletricidade estática. Há cestos abertos e fechados, estilo iglu. Também há cestos que servem tanto para o descanso do animal quanto para seu transporte.

VASILHA DE COMIDA E DE ÁGUA. Tenha um comedouro que você lavará após cada refeição e uma vasilha de água fresca que você renovará duas vezes por dia. Escolha-os em material como vidro inquebrável ou aço inoxidável, que não impregnados com mau cheiro. Há ainda opções de comedouros e bebedouros automáticos, ideais para tutores que passam o dia todo fora.

BANDEJA SANITÁRIA. Há bandeja de plástico rígido, colorida, com borda simples ou elevada para evitar derramamentos de areia. Outros modelos, fechados e mais caros, atenuam odores e impedem a dispersão do granulado higiênico. Existe ainda um modelo autolimpante que elimina totalmente os odores. Quando o gato a utiliza, sensores eletrônicos acionam uma pequena pá, que arrasta as partes sujas para um compartimento hermeticamente fechado. Quando vários gatos vivem sob o mesmo teto, é necessário deixar ao menos uma bandeja sanitária à disposição de cada um.

GRANULADOS HIGIÊNICOS. São necessários para colocar na bandeja sanitária e têm a função de absorver a urina e favorecer a secagem dos excrementos.

CAIXA DE TRANSPORTE. Há numerosos modelos de caixas e de sacolas de transporte. Mais práticas, as sacolas são mais práticas e ideais para os passeios na cidade, em que se carrega o gato a tiracolo. As caixas de plástico rígido com uma portinhola em forma de grade, as que são exigidas em viagens de avião, são mais pesadas, porém, mais confortáveis para o animal. Para viagens longas, coloque um forro descartável em seu interior.

ARRANHADORES. São úteis para o gato se exercitar. Coloque, de preferência, ao lado de locais de repouso do gato, pois arranhar é uma necessidade natural dos felinos. Esses objetos ainda permitem evitar a destruição de tecidos como o do sofá, papéis de parede e móveis. São encontrados em vários tipos e tamanhos.

GUIA E COLEIRA. São recomendadas se você deseja se deslocar com o bichano fora de casa. Ainda pequeninho, acostume-o ao uso dos acessórios. A coleira deve ser munida de uma parte elástica para evitar um estrangulamento acidental. Coloque uma plaquinha de identificação com o nome do animal e o contato do tutor.

ERVA DE GATO (CATNIP). Ele apreciará um punhado da erva semanalmente. A erva Nepeta cataria, conhecida como catnip, libera um aroma que deixa os felinos mais alegres, felizes ou então relaxado. Os efeitos de euforia e agitação são causados por uma substância chamada Nepetactone, que não prejudica o bichano. Quando inalada, ela estimula o instinto predador do gato, fazendo-o correr mais e ter disposição para brincadeiras e exercícios físicos, aliviando a tensão. Para não perder o efeito sobre o bichano, use uma vez por semana. O catnip pode ser empregado de várias formas, como no arranhador e nos brinquedos preferidos do seu gato.

BRINQUEDOS. Os gatos adoram brinquedos como bola e uma varinha com penas na ponta. Mas os brinquedinhos mais simples são os que mais fazem sucesso e você mesmo pode improvisar: bolinhas de papel e caixas de papelão para ele entrar e se esconder, por exemplo. Encha o fundo de uma caixa de papelão com pelo menos duas camadas de bolas de papel de jornal e jogue um rato de brinquedo para que o gato possa “encontrá-lo” como se estivesse caçando. Você também pode usar um pouco de ração dentro de um brinquedo ou colocar catnip e jogar dentro da caixa.