Anuncie

(21) 98462-3212

E-mail

comercial@meusbichos.com.br

Proteja os cães e os gatos dos vermes

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
A infestação de vermes pode ser fatal para o animal. Foto: Pexels

Um dos cuidados essenciais com os cães e os gatos é a vermifugação. Além de imunizar o animal, o programa de prevenção protege toda a família de doenças, como a toxoplasmose.

“A infestação pode ser fatal para o animal e também oferece risco para as pessoas que convivem com ele, já que muitos vermes de cães também podem causar doenças em seres humanos, conhecidas como zoonoses”, alerta o veterinário Juarez Dias.

Nos filhotes, a vermifugação deve começar a partir de seis semanas de vida, com auxílio do médico veterinário. Mas o ideal é que o tratamento seja feito na mãe antes do cruzamento, porque as verminoses podem ser transmitidas ainda na vida uterina.

Cães que realizam consultas veterinárias rotineiras e são submetidos a exames de fezes periodicamente são vermifugados quando necessário, conforme resultado dos exames. Caso contrário, o animal deve ser vermifugado regularmente. “O animal que vive em casa deve ser vermifugado de quatro em quatro meses. Esse animal está mais suscetível a ser infestado do que o que mora em apartamento. Este deve ter a vermifugação repetida semestralmente”, orienta o veterinário.

Vermifugação nos cães e gatos deve começar aos seis meses de vida. Foto: Pexels

Os tipos de vermes que aparecem com maior frequência são os ancilóstomas, toxocaras e tênias. Nos animais, os vermes podem causar fraqueza, anemia e atingir até o coração. Há vermífugos líquidos, em comprimidos ou ainda injetáveis. Doses exageradas podem prejudicar o fígado e o intestino do animal, portanto, a medicação apropriada, bem como sua dose correta deve ser prescrita pelo veterinário.

Fique de olho

SINAIS. Os sintomas da infestação por vermes são: diarreia, anemia, nervosismo e falta de apetite.

TIPOS. Os vermes mais comuns nos filhotes de cães são os nematoides (redondos). As solitárias (tênias) geralmente são encontradas nos cães adultos e são transmitidas pelas pulgas, que o animal pode ingerir.

CORAÇÃO. As filárias são vermes adultos que vivem no coração e provocam lesões nos músculos e vasos sanguíneos da região.