Anuncie

(21) 98462-3212

E-mail

comercial@meusbichos.com.br

Saiba mais sobre a troca de pelos dos pets

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Felinos, ao lamber a pelagem, acabam engolindo fios soltos. Foto: Irene Lasus/Pexels

Cães e gatos trocam a pelagem a cada nova estação do ano. Esse processo fisiológico, chamado de muda, dura algumas semanas e ocorre de maneira mais acentuada no verão e no inverno. A pelagem dos animais cai para ser substituída por outra, ficando mais rala, porém, uniforme. Mas quando a queda é em excesso, resultando em grandes falhas e buracos, deve-se ficar atento: “O tutor deve levar o animal ao veterinário para que ele avalie se a queda tem outras origens, como diabetes, dermatites ou alteração hormonal”, avisa a veterinária Daniele Bessa.

No caso dos felinos, que costumam fazer a higiene lambendo a pelagem várias vezes ao dia e, consequentemente, acabam engolindo pelos muitos fios soltos, pode haver a formação de bolas de pelos no estômago. Isso poderá dificultar a defecação e a digestão. Em alguns casos mais sérios, é preciso submeter o animal a um procedimento cirúrgico. Como prevenção, a veterinária cita o uso de uma pasta palatável, duas vezes por semana, e rações específicas. “Esses produtos podem auxiliar a não formação dessas bolas de pelo, mas precisam ser indicadas por um profissional”, diz.

Ela ensina ainda que o uso de uma alimentação adequada e industrializada contribui para a boa saúde dos cães e gatos, refletindo na qualidade dos pelos. “O ideal é alimentá-los somente com ração”, frisa.

Uma alimentação adequada contribui para a saúde da pelagem. Foto: Pixabay

Suplementos à base de ômega 3 e vitamina E também ajudam na redução do volume de pelos que se desprendem dos animais, mas não evitam que o ciclo da muda se realize. “A renovação da pelagem é um processo saudável. Não tem como mudar isso”, diz a veterinária Rosana Monteiro.

Dicas para uma boa saúde dos pelos

RAÇÃO. Use alimentos industrializados balanceados, que contenham ômega 3 e 6, além de outros nutrientes.

PROIBIDO. Evite dar doces, alimentos gordurosos e carboidratos, como pão e arroz, para os cães e gatos.

ESCOVAÇÃO. Deve ser feita pelo menos três vezes por semana. Nas raças de pelagem mais abundante, a escovação deve ser diária.