Anuncie

(21) 98462-3212

E-mail

comercial@meusbichos.com.br

No mês de combate aos maus-tratos de animais, CCPAD percorre bairros de Niterói e distribui cartilhas sobre proteção

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Coordenadoria de Proteção aos Animais de Niterói (CCPAD) , da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SMARHS), na região metropolitana do Rio, aderiu ao Dezembro Verde, quando diversos municípios brasileiros realizam ações para combater os maus-tratos e abandono de animais domésticos. Para conscientizar a população, os agentes estão percorrendo diversos bairros e distribuindo cartilhas em comércios da cidade com dicas e orientações para que os animais, sejam de estimação ou não, sejam tratados com amor e carinho. A cartilha também orienta sobre adoção e castração.

O artigo 32 da lei 9.605/98 da lei federal de crimes ambientais diz que praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos é crime, assim como abandonar. A pena é detenção de dois a cinco anos, multa e proibição da guarda do animal.

O Dezembro Verde é uma campanha que tem como foco combater os maus-tratos e o abandono de animais, pontuando a importância da denúncia contra esses atos. Segundo o coordenador de Proteção Animal da Prefeitura de Niterói, Marcelo Pereira, a ação de distribuição das cartilhas tem como objetivo tratar sobre os direitos dos animais.

“A educação e conscientização sobre esses assuntos nas cartilhas são fundamentais para a defesa dos animais da cidade. É uma oportunidade para conscientizar e gerar uma população que se preocupa e protege cada vez mais os animais, e combater cada vez mais os maus-tratos e abandonos de animais”, conta o coordenador.

Até a semana que vem serão distribuídas mais de 6 mil cartilhas e folhetos nos comércios como pet shop, padarias, bancas de jornais em Niterói.

Denúncias 

Em caso de qualquer suspeita de agressão ou abandono de animais, a denúncia pode ser feita em qualquer delegacia mais próxima. A pena é de detenção pode ir de dois a cinco anos, proibição da guarda do animal, além de multa para pessoas que cometeram qualquer tipo desses atos contra os animais. Em caso de óbito do animal a pena aumenta.

CCPAD 

Em julho, o Centro de Controle Populacional de Animais Domésticos (CCPAD), no Fonseca, completou três anos de funcionamento. Neste período, já foram realizadas cerca de cinco mil castrações de cães e gatos de moradores da cidade. “Além de outras ações educativas, esse é um serviço fundamental para a população, e principalmente para os animais. A iniciativa permite ampliar o trabalho e as políticas públicas de proteção animal da Prefeitura de Niterói com base na lei federal 13.426/2017 que incentiva esse tipo de prática para proteção dos animais e controle de crias”, ressaltou o coordenador.

Castramóvel

O Castramóvel que começou no mês de outubro, e fez 500 cirurgias em animais dos bairros do Caramujo, Engenho do Mato, Badu e Engenhoca. O Castramóvel é um caminhão totalmente equipado para a realização de cirurgias em cães e gatos, atendendo, prioritariamente, famílias de baixa renda. O equipamento conta com sala de preparação, de cirurgia e pós-cirurgia e é administrado pelo Centro de Controle Populacional de Animais Domésticos (CCPAD), da Secretaria Municipal de Meio Ambiente Recursos Hídricos e Sustentabilidade. O veículo fica 15 dias em cada local. O projeto conta com a parceria da Faculdade de Veterinária da Universidade Federal Fluminense (UFF). A equipe é composta por quatro veterinários, um anestesista e técnicos.

Além do CCPAD e do Castramóvel, a cidade conta ainda com a Unidade de Controle de População Animal, situada em Icaraí, que é administrada pelo Controle de Zoonoses da Prefeitura.

Fonte: Prefeitura de Niterói