Anuncie

(21) 98462-3212

Coleiras e guias: faça a escolha certa

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Modelo peitoral exerce menos pressão no pescoço. Foto: Pixabay

A coleira e a guia são acessórios indispensáveis para os cães. Nas pet shops, há uma infinidade de opções e muitos tutores ficam em dúvida na hora de escolher o modelo ideal.

Mas, o mais importante é que a coleira e a guia do cão sejam escolhidas pela praticidade e pelo conforto. As mais tradicionais são feitas em couro ou em nylon, com fivela. Coleiras largas e chatas são ótimas para cachorros de pescoço longo. As de couro enrolado são ideais para os de pelo longo, como o golden retriever. Uma coleira bem ajustada deve permitir a entrada de dois dedos. Ao escolher um modelo em couro, observe o acabamento, pois as bordas ásperas podem machucar a pelo do pescoço. Já as de nylon são mais duráveis e secam mais rápido.

Mais dicas:

PEITORAL. Se o cão não tiver formato ideal para a coleira comum, providencie uma peitoral. Esse modelo exerce menos pressão no pescoço de cachorros pequenos de pescoço largo, como pug, ou os que têm traqueia delicada, como o yorkshire e o chihuahua.

TAMANHO ADEQUADO. Opte por uma guia resistente, adequada para o tamanho do cão e confortável para você manusear. As guias extensíveis vão oferecer maior sensação de liberdade para o animal e são indicadas para as raças de porte pequeno.

PLAQUINHA DE IDENTIFICAÇÃO. Coloque uma plaquinha de identificação na coleira, com o nome do animal e o telefone do dono.

MICROCHIP. É um dispositivo de identificação pequeno, injetado sob a pele do animal entre as escápulas. A forma mais eficiente de localizar o tutor de um cão é com o microchip.

Onde comprar:

Veja nossas sugestões de guias e coleiras para cães e gatos. Boas compras!

Siga as Dicas da Nanny no Instagram:

@nanny_puppy