Anuncie

(21) 98462-3212

Beija-flor é única ave que consegue voar para trás; veja mais curiosidades

Os beija-flores medem entre 6 cm e 12 cm de comprimento e pesam de 2 a 6 gramas.
Fotos: Canva.com

Os beija-flores – também chamados de colibris – estão entre as aves mais encantadoras que existem. Pequenos, delicados e ornamentados com um longo bico e língua bifurcada, com o qual sugam o néctar das flores, eles medem entre 6 cm e 12 cm de comprimento e pesam de 2 a 6 gramas.

A seguir, listamos algumas curiosidades sobre essas aves:

Os beija-flores são as únicas aves que conseguem voar para trás e manter voos suspensos, ou seja, ficar no mesmo lugar sem se mover ou se movimentar.

Em um dia eles podem bebem néctar equivalente ao seu próprio peso. Por exemplo: se pesam 5 gramas, consomem 5 mililitros de néctar.

Apesar de serem tão pequenos, eles vivem muito: em média, 12 anos. Mas, há registros científicos de que eles podem viver até 18 anos.

O cérebro do beija-flor é maior que o de qualquer animal do seu tamanho. É quase o dobro do tamanho!

Eles têm um coração enorme, isso porque realizam uma atividade muito grande e por isso precisam bombear o sangue mais rapidamente.

O batimento das asas é muito rápido e pode ultrapassar 80 vezes por segundo.

O olfato não é muito desenvolvido nos beija-flores, assim como na maioria das aves. Já a visão é muito apurada. Eles identificam cores e estão entre os poucos vertebrados capazes de detectar cores no espectro ultravioleta.

As fêmeas, em geral, são maiores do que os machos, mas têm coloração menos intensa.

Além do néctar das flores, eles também se alimentam de artrópodes, em especial, de moscas e formigas.

Os ninhos e os cuidados com a cria são feitos exclusivamente pelas fêmeas

Os beija-flores são poligâmicos, ou seja, podem acasalar com vários parceiros ao longo da vida.

Quanto à reprodução, os ninhos e os cuidados com a cria são feitos exclusivamente pelas fêmeas. São colocados, apenas, dois ovos, em média. O período de incubação dura entre 15 e 20 dias. Os filhotes começam a voar após três ou quatro semanas de vida.

Das 322 espécies de beija-flores conhecidas, a União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais lista nove como “em perigo crítico de extinção”, 11 como “em perigo” e outras nove como “vulneráveis”. As maiores ameaças à preservação do grupo são a destruição, a degradação e a fragmentação de seus habitats.

O batimento das asas pode ultrapassar 80 vezes por segundo

CLASSIFICAÇÃO CIENTÍFICA

Nome científico: Trochilus
Reino: Animalia.
Filo: Chordata.
Classe: Aves.
Ordem: Trochiliformes.
Família: Trochelidae.

Por MB.