Anuncie

(21) 98462-3212

Pequena e perigosa: a venenosa aranha viúva-negra

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
A temida aranha viúva-negra. Foto: Skeeze/Pixabay

Nome científico: Latrodectus mactans.

Distribuição: Brasil, Colômbia, Equador, Estados Unidos, Guatemala, Haiti, Honduras, Jamaica, México, Nicarágua, Panamá, República Dominicana, Paraguai, Peru, Porto Rico e Venezuela.

Características: A maioria das aranhas viúvas-negras têm manchas vermelhas no ventre.

Tamanho: 1 cm de comprimento, em média. Os machos são menores que as fêmeas.

Reprodução: O casulo onde os ovos são depositados é maior que o corpo da aranha. Dele saem dezenas de filhotes. Após o acasalamento, a fêmea mata o macho, deixando seu cadáver pendurado na teia, daí a origem de seu nome.

Alimentação: Filhotes de gafanhotos, borboletas, baratas, saúvas, besouros, entre outros insetos. A presa, quando pousa em sua teia, é imediatamente envolvida em uma espessa rede de fios. Depois, são aferroados com suas queliceras – pinças ocas que injetam o veneno.

Curiosidade: A picada da viúva-negra é muito venenosa. Provoca dores, cãibras, distúrbios nervosos e pode levar à morte.