Anuncie

(21) 98462-3212

Galeria de imagens: veja oito das criaturas marinhas mais fofas do mundo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O mar não só está para peixe, como também para criaturas com aparências para lá de fofas. Quem há de resistir, por exemplo, aos adoráveis ​​bigodes de uma morsa? Até os cavalos-marinhos têm um charme próprio. E o que falar da foca? Aqui estão alguns dos animais marinhos mais cativantes que existem:

A morsa macho usa seus dentes alongados para lutar pelo domínio. Eles também são úteis para cavar gelo. Foto: Reprodução

Morsa (Odobenus rosmarus)

Esses enormes mamíferos têm nadadeiras distintas e longas presas curvas. Os machos usam esses dentes alongados para lutar pelo domínio; eles também são úteis para cavar no gelo. São animais de grande porte e vivem nas águas geladas do Ártico. Uma morsa fêmea adulta chega a 2,60 metros de comprimento e pode pesar de 400 até 1.250 kg. O macho adulto é ainda maior, podendo ter de 3 a 4 m de comprimento.

As focas usam seus bigodes para sentir o movimento das presas e são devoradoras vorazes de pinguins. Foto: Pixabay

Foca (Phocidae)

Esses pinípedes vivem ao longo das costas da América do Norte, Europa e Ásia. Eles usam seus bigodes característicos para sentir o movimento das presas, incluindo peixes, camarões e lulas. Ah, mas não se engane com a aparência tão fofa: as focas são grandes devoradoras de outros personagens cativantes de nossa lista, os pinguins.

Moluscos pegajosos e com oito braços, os polvos são bastante cativantes e inteligentes. Foto: Pixabay

Polvo (Octopoda)

Esses moluscos pegajosos e furtivos de oito braços são bastante cativantes. Eles não têm esqueleto, então podem transformar seu corpo para se espremer em espaços apertados. Por um lado, os polvos são provavelmente os mais inteligentes de todos os invertebrados (eles são muito bons em sair de tanques quando mantidos como animais de estimação) e seus olhos fixos têm uma aparência comovente.

Caça, poluição do mar e perda de habitat estão entre as principais ameaças às tartarugas-marinhas. Foto: Pixabay

Tartaruga-marinha (Chelonioidea)

Esses répteis existentes há mais de 180 milhões de anos nadam grandes distâncias entre onde se alimentam e onde chocam os ovos. Devido à caça – incluindo de seus ovos -, bem como capturas em barcos de pesca e redes, esta espécie está ameaçada de extinção. Além disso, a poluição luminosa pode desorientar as tartarugas recém-nascidas. A poluição do mar e a perda de habitat são outras grandes ameaças.

As belugas são muito sociáveis e pertencem, na verdade, à família dos golfinhos. Foto: Reprodução

Baleia Beluga (Delphinapterus leucas)

Esses mamíferos marinhos da ordem dos cetáceos pertencem, na verdade, à família dos golfinhos e são erroneamente chamados de baleias brancas. Com pele pálida, olhos escuros e cabeças grandes, as belugas têm um visual muito distinto e atraente. São encontradas apenas nas águas geladas do Ártico e são altamente sociáveis. 

Pinguins são pássaros que não voam e passam grande parte do tempo na água. Foto: Reprodução

Pinguim-de-barbicha (Pygoscelis antarcticus)

Esses pinguins são encontrados nas ilhas e icebergs ao redor da Antártica. Os pinguins são pássaros que não voam e passam grande parte do tempo na água. Os pinguins-de-barbicha podem crescer até 70 cm de comprimento e têm uma alimentação baseada em krill e pequenos peixes.

O golfinho nariz-de-garrafa é tão fofo, que parece estar sempre sorrindo. Foto: Pixabay

Golfinho-nariz-de-garrafa (Tursiops truncatus)

Talvez a mais icônica e amada de todas as criaturas marinhas fofas, o golfinho-nariz-de-garrafa, ou golfinho-ruiz, parece ter um sorriso embutido no focinho. Esses animais sociais vivem em grupos e são bastante inteligentes. Seus cérebros os tornam excelentes não apenas para truques de exibição em aquários; eles também foram treinados para localizar minas marítimas. A espécie é comumente encontrada em parques aquáticos e oceanários e também foi retratada em filmes e séries, como “Flipper”.

O desenvolvimento dos filhotes de cavalos-marinhos ocorre no interior do corpo dos machos. Foto: Pixabay

Cavalo-marinho (Hippocampus)

Os cavalos-marinhos são peixes ósseos encontrados normalmente em águas rasas. Apresentam tamanho variado, sendo que algumas espécies atingem cerca de 30 centímetros e outras apresentam apenas 13 milímetros de comprimento. Sua característica mais incrível diz respeito à reprodução: a fecundação é interna e o desenvolvimento do filhote ocorre no interior do corpo do macho.

MB com Live Science

*

*

***

QUE TAL FAZER UM CURSO ONLINE HOJE?

Aprenda todos os passos para criar peixes em tanques e caixas d´água e lucrar. Adquire o e-book “Como Criar Peixes em Caixas e Tanques”. CLIQUE AQUI

E-book “Como Ganhar Dinheiro Criando Peixes – Volume 1”, Nesse e-book, conheça todas as técnicas para ser bem-sucedido como psicultor. CLIQUE AQUI

E-book “Como Ganhar Dinheiro Criando Peixes – Volume 2”, Nesse e-book, conheça todas as técnicas para ser bem-sucedido como psicultor. CLIQUE AQUI

E-book “Como Ganhar Dinheiro Criando Peixes – Volume 3“, Nesse e-book, conheça todas as técnicas para ser bem-sucedido como psicultor. CLIQUE AQUI

Aquire já o “Curso de voo livre da AVOA”. Curso online de voo livre com psitacídeos. O objetivo é obter conhecimento sobre treinamento de comportamento de forma profunda, focando no passo a passo do treinamento para voo livre com psitaciformes. CLIQUE AQUI