Anuncie

(21) 98462-3212

Entrevista: a encantadora de calopsitas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A criadora de aves e empresária carioca Silvania dos Santos, 38 anos, é um sucesso nas redes sociais com seus vídeos divertidos acompanhada de suas aves de estimação. Somente no Tik Tok, onde ela já conta com 40,5 mil seguidores, seu vídeo mais assistido alcançou mais de 2 milhões de visualizações. Também, pudera. Ela parece ser uma encantadora de pássaros, tamanha sintonia e “atuação” de suas pets de penas com sua tutora.

Em entrevista ao portal Meus Bichos, Silvania conta sobre seu amor pelas aves, as técnicas de treinamento para amansá-las e seu trabalho à frente da marca Atelier dos Pássaros, a primeira pet shop do Rio exclusivamente dedicada às aves da espécie psitacídeos (possuem bico curvo e da qual fazem parte as calopsitas, papagaio e agapórnis, entre outras).

Silvania dos Santos e suas calopsitas fazem sucesso na internet. Fotos: Divulgação

Como surgiu esse amor pelas aves e pelas calopsitas em especial?

“Desde criança, sempre fui apaixonada por animais. Mas, durante toda minha adolescência criei várias espécies  de pássaros como periquitos australianos, agapórnis, diamantes de Gould , mandarins, calafates e manons. Eu adorava vê-las se reproduzindo e acompanhar ,o desenvolvimento dos filhotes. Até que, um certo dia, adquiri um casal de calopsitas e a partir  desse casal consegui tirar a primeira ninhada, o que foi uma felicidade. Desde então, começou a minha paixão pela espécie. O que mais me encantou naquela carinha simpática, de bochechas laranjas e com uma crista marcante foi a docilidade, a inteligência e a fácil interação, por isso resolvi me dedicar exclusivamente à criação de calopsitas. Hoje, o criatório do Atelier dos Pássaros conta com cerca de 70 calopsitas em nosso plantel de diversas mutações.”

Além de criadora, você também é empresária e criou o Atelier dos Pássaros, sendo uma das pioneiras no mercado pet com uma loja totalmente dedicada aos psitacídeos. Como tudo começou?

“Começamos a nossa história em 2007 e nessa época as calopsitas mansas não eram tão  populares como hoje. No mercado  pet, a variedade de produtos e brinquedos para psitacídeos era ainda muito escassa e devido a essa necessidade, surgiu a ideia de criar o Atelier dos Pássaros, através da união do nosso amor pelas aves, juntamente com a nossa habilidade artesanal e a criatividade de fabricar os próprios brinquedos das nossas aves. Então pensamos: ‘que tal trabalhar com algo que fazemos por prazer?’. E o que antes era apenas um hobby, transformou-se em um negócio mais motivador. Criamos a comunidade no extinto Orkut (rede social) chamada Atelier dos Pássaros, para divulgar nosso trabalho, que então foi crescendo e se expandindo para outra rede social, o Facebook, no qual fizemos uma ‘fanpage’ e, em 2009, decidimos fazer nosso site com uma loja virtual e uma grande de variedade de produtos. Em 3 de dezembro de 2011, inauguramos nossa loja física (em Quintino, zona norte do Rio de Janeiro), que tornou-se mais um sonho realizado, e contamos com uma variedade incrível de brinquedos, rações e acessórios expostos. Somos a primeira pet shop especializada em produtos voltados exclusivamente para calopsitas e psitacídeos em geral!”

Você também cria as peças que comercializa? E quais são as suas recomendações ao adquirir um brinquedo ou acessório para uma ave?

“Sim, temos uma linha de brinquedos de fabricação própria. Ao adquirir brinquedos, procure profissionais no assunto, que tenham histórico em confecção de qualidade e livre de toxidades. Nossos brinquedos são todos artesanais, feitos em madeira, pintados com corantes atóxicos ou naturais, garantindo a máxima qualidade para o tutor e seu pássaro. Lembramos que é necessário ter cuidado com os brinquedos feitos com materiais como tintas de procedência desconhecida, sisal, peças muito pequenas na qual a ave pode engolir e espelhos sem proteção em volta.”

Uma novidade que tem conquistado muitos tutores de calopsitas é a guia peitoral para aves. Não há risco de o acessório incomodar ou machucar a ave?

“O peitoral com guia é bem interessante, pois possibilita um passeio mais seguro, porém, não aconselho o uso contínuo, mas para eventuais saídas o acessório é bem prático e não  oferece  riscos à ave. É recomendável que as penas das asas estejam aparadas (somente o veterinário ou um criador experiente estão aptos a realizar o procedimento) a fim de evitar fugas, caso a guia solte da mão do tutor.

A peitoral de calopsitas é uma espécie de ‘coleira’ feita em material bem leve, que é preso por um mosquetão nas costas da ave, deixando as asas e as patas livres, evitando assim eventuais acidentes como a antiga correntinha que era presa na pata. Ao adquirir o novo acessório para seu pássaro, ele deve ser acostumado aos poucos a usá-lo – e isso requer tempo e paciência. O ideal é adaptar o uso da peitoral desde filhote, por volta  dos 60 dias de vida e, caso a ave já seja adulta, esse processo será mais lento.”

Você se tornou um sucesso nas redes sociais com vídeos muito criativos e divertidos com suas aves. Já são mais de 10,5 mil seguidores no Instagram e  40,5 mil no Tik Tok. De onde vem tanta criatividade?

“O  TikTok apareceu em minha vida por acaso e não foi por acaso que ele ficou. Em março de 2020, eu e meu namorado, Patrick Orlando – que me auxilia em todas as produções de vídeos e também no trabalho no Atelier dos Pássaros -, fizemos nosso primeiro vídeo por diversão mesmo. Foi o que salvou a nossa quarentena durante a pandemia da covid-19 e o vídeo acabou sendo um sucesso. De lá para cá, não paramos mais. Viramos ‘tiktokers’, sim,  e influenciadores da nossa própria marca! E o que era para ser apenas diversão – e era o que muitos achavam realmente -, resolvemos apostar em algo inédito, em conteúdos originais e criativos, o que acabou se tornando mais uma forma de mostrar nosso trabalho e de uma forma divertida! Hoje, contamos com 40,5 mil seguidores e um dos nossos vídeos mais viralizados já tem 2 milhões  de visualizações! Produzimos os conteúdos baseados nas tendências que estão em alta, com ideias loucas e engraçadas, adaptado com nossas aves. São vídeos dos mais variados como dublagens, dancinhas da moda, challanges (vídeos curtos no estilo desafio ou de transformações surpreendentes) e trends (tendências), sempre acompanhados dos nossos ‘psitas tiktokers’, é claro! (risos). Muita das vezes, são mais de duas horas gravando para produzir um vídeo de, no máximo, 30 a 60 segundos!

Veja a galeria de fotos abaixo. Arraste para o lado para ver todas as imagens:

Como você faz para suas aves se comportarem tal como se estivessem “atuando”?

“Na verdade, nossas aves são os ‘atores principais’ dos nossos vídeos e realmente elas ficam tão quietinhas, que parecem mesmo que estão ‘atuando’. Mas, o que parece ser fácil, por trás das câmeras não é bem assim… Selecionamos algumas de nossas aves que têm o comportamento  mais tranquilo e que  já estão adaptadas ao manuseio diário – o que nos facilita mais nessa tarefa.

Elas já estão tão acostumadas com a nossa rotina diária de gravação, que já chegamos a gravar um vídeo dançando com 10 calopsitas no braço  ao mesmo tempo e sem nenhuma sair do lugar!

Quais são os seus planos como empresária e criadora de conteúdo?

“Sim, temos planos para o futuro que ainda não serão revelados, mas pretendo continuar fazendo o que gosto, com criatividade única e exclusiva, que é o nosso diferencial, e sempre  mostrando nosso trabalho com alegria e conteúdos divertidos para nosso público. Quem sabe, não chegamos à meta de 100 mil seguidores? É o que planejamos, seguir crescendo e expandindo a cada dia o nosso trabalho, no qual já enviamos encomendas até para o exterior!

Para finalizar, dê dicas para quem quer ter uma calopsita como pet:

“As calopsitas são  aves bem sociáveis e fáceis de cuidar. Recomendo que, antes de adquirir uma, procure um criador experiente e de confiança, para se certificar que sua ave é de um local de boa procedência. Informe-se antes sobre a espécie, cuidados e alimentação. A gaiola deve ter espaço suficiente para que a ave se movimente e abra as asas, com varandas externas que permita ao tutor manusear e soltar a calopsita com mais facilidade. As gaiolas redondas não são recomendadas, além disso, é necessário ter alguns brinquedinhos para o enriquecimento  ambiental, que é muito importante para a atividade física e mental. A alimentação deve ser variada, à base de mix de sementes, ração extrusada e farinhadas à base de ovos, específica para a espécie e complementada diariamente com frutas, verduras e legumes. A gaiola deve ser limpa todos os dias. Manter a  higiene rigorosa protege a saúde da sua ave! Para manter a ave sempre mansa e sociável é importante interagir com ela todos os dias e soltá-la em casa nem que seja por alguns minutos diários. Ela precisa de atenção e contato frequente para continuar mantendo o seu temperamento dócil. O ideal é adquirir a ave filhote, já independente, por volta dos dois a três meses de vida, porque torna-se mais fácil a adaptação ao novo ambiente e aos treinamentos que você pretende fazer com sua ave. No caso dos machos, que têm mais facilidade em reproduzir sons, iniciar o treinamento de canto, ensinar pequenos trechos de músicas ou até mesmo a falar pequenas palavras, como ‘oi’!”

Confira abaixo alguns dos vídeos que viralizaram na internet:

Vídeo teve mais de 2 milhões de vizualizações no Tik Tok

Siga o Atelier dos Pássaros no Instagram: @atelierdospassaros

Site: https://www.atelierdospassaros.com.br/