Anuncie

(21) 98462-3212

O primeiro cio nas cadelas: entenda como sua pet entra na puberdade

Ficou mocinha! O primeiro cio ocorre entre os sete e dez meses de idade. Foto: Pixabay

O primeiro cio nas cadelas equivale à puberdade em humanos. É comum que o ciclo estral (como também é chamado) apareça entre os sete e os dez meses de idade, podendo ocorrer mais cedo em raças pequenas do que nas maiores. Esse é o momento que indica que as fêmeas estão se tornando aptas para a vida reprodutiva – se deixarmos, é claro.

Além da raça, outros fatores também influenciam no aparecimento do primeiro cio como condições ambientais, herança genética, a presença de outras fêmeas ou a administração de medicamentos, entre outros. Já a frequência média é de um cio a cada seis meses – o que significa que uma cadela não castrada entra no cio duas vezes por ano.

Duração e fases do cio

“O cio de uma cadela geralmente ocorre a cada seis meses e dura, em média, 21 dias. De início, a cadela apresenta sangramento (esse primeiro estágio chama-se pró-estro), podendo durar em torno de cinco a sete dias. Depois (período chamado estro), mais sete dias nos quais a cadela apresenta a genitália bem grande, inchada, edemaciada. É o período da ovulação, em que geralmente ela aceita o macho para a cópula (cruzamento). Por fim, são mais sete dias de involução desse processo (e ela volta a rejeitar o macho)”, detalha o veterinário André Mello, da Clínica Veterinária Estética Canina Vet Center e responsável pela seção Fale com o Vet no portal Meus Bichos.

A variação no ciclo também pode acontecer e é perfeitamente normal. “Há animais que podem ter mais de um cio e outros que fazem uma metrorragia (ficam muito tempo sangrando)”, complementa o veterinário.

Agora, se você notar que o cio na sua cadela é muito frequente, ou seja, está ocorrendo a cada três ou quatro meses, é recomendável levar a pet ao veterinário para ser examinada e verificar se há algum patologia que está levando a essa alta assiduidade. A fêmea pode ter ovários policísticos, por isso é essencial que um especialista a avalie.

No período do cio, as fêmeas podem parecer mais ansiosas e carentes. Foto: Pexels

TPM animal

Muitas pessoas comparam erroneamente a menstruação nas mulheres, que é mensal e ocorre em razão da falta de fecundação, com o período do cio nas cadelas. Mas, acontece que as cadelas não têm um ciclo menstrual e, sim, estral – como já foi explicado, ocorrendo de seis em seis meses normalmente. E elas entram no cio (sangram) em uma de suas fases.

Outro mito é que as cadelas têm TPM – aquele conjunto de sintomas (irritação, tristeza, vontade de comer doces e etc.) comum em muitas mulheres dias antes do período menstrual. Mas, não, nossas mocinhas de quatro patas não têm TPM – e nem cólica! (só de brincadeira, imagine só ter uma pinscher frenética e querendo abocanhar o tutor querendo chocolate! PS: cães não podem comer chocolate jamais, ok?)

Porém, as mudanças hormonais provocam, sim, algumas alterações no comportamento das fêmeas caninas – e que podem ser evitadas com a castração. Elas podem urinar mais do que o normal, parecer ansiosas, mais carentes, sensíveis e apegadas ao tutor, ou também acontecer de não reagirem às carícias do mesmo. O estresse e a agitação também podem ser observados, principalmente, nos primeiros dias de cio, quando ela ainda não aceita o macho para a cópula.

É importante tranquilizá-las, dar carinho, ter paciência e fazer com que se sintam protegidas. Ah, e o tutor deve manter a fêmea longe dos machos, que se sentirão atraídos à distância. Cuidar da higiene do animal é outro cuidado fundamental. Para isso, o tutor pode utilizar fraldas ou calcinhas absorventes específicas para animais para manter a região da vulva limpa e protegida.

Os machos são atraídos à distância por uma fêmea no cio. Foto: Pexels

Cruzamento e gestação no primeiro cio

De acordo com o veterinário André Mello, caso a cadela acasale no seu primeiro cio, pode ocorrer a gestação. No entanto, a prenhez precoce não é recomendável. “Não é indicado estimular o cruzamento no primeiro cio, somente a partir do segundo ciclo. Isso porque o animal, muitas vezes, ainda está em processo de desenvolvimento”, explica.

E ao contrário do que você já pode ter ouvido, sua cadelinha realmente não precisará ter ao menos uma cria para evitar tumores. Se a procriação não está nos planos, a esterilização é sempre a melhor medida a tomar, tanto para evitar gravidez indesejada como para evitar o aparecimento de doenças.

Agradecimento:
Dr. André Mello – Clínica Veterinária Estética Canina Vet Center

*

*

*

***

QUE TAL FAZER UM CURSO ONLINE HOJE E COMEÇAR SEU PRÓPRIO NEGÓCIO NO NICHO PET?

Adquira já o curso online Cat Sitter – Cuidando de Gatos. CLIQUE AQUI

Curso online de Dog Walker. Tenha uma renda passeando com cães. CLIQUE AQUI

Curso “Be-Á-Bá do Banho e Tosa”, um treinamento completo para você iniciar seu negócio em casa e lucrar. O curso tem diversos módulos, entre eles, equipamentos, banho, secagem, tosa higiênica e etc. CLIQUE AQUI

Aquira já o “Curso de Auxiliar de Veterinário e Pet Shop”. Aprenda a aplicar remédios, vacinas, preparar os materiais a serem utilizados nas intervenções clínicas; como conter os animais a serem atendidos e/ou hospitalizados, entre outras funções. Em petshops, aprenda a atuar no atendimento aos clientes e recepção dos animais. CLIQUE AQUI

Aprenda os cuidados básicos com os animais de estimação. E-book Pet Sitter – Babá de Animais. CLIQUE AQUI

Confira mais opções de cursos online e E-books em nossa loja