Anuncie

(21) 98462-3212

Como cuidar de bebês caninos

Os filhotes abrem os olhos entre os 10 e 14 dias de vida. Seus olhos são cinza-azulados e eles não enxergam muito bem no início.
Fotos: Pixabay

Se você tem filhotes recém-nascidos em casa ou uma ninhada está prestes a vir ao mundo, é provável que você esteja na maior expectativa para dar boas-vindas a essas bolinhas de pelo. Ainda mais se for um tutor de primeira viagem, como é o caso da estudante Roberta Trindade Vieira, 22 anos, que, há duas semanas, adotou uma cadelinha vira-latas e… surpresa! “Ela está prenhe e, quando a trouxe para casa, ninguém suspeitou, pois estava muito magrinha. De repente, nos últimos dias, sua barriguinha inflou e a veterinário confirmou que ela deve dar à luz nos próximos dias. Doaremos os filhotes, mas até isso acontecer, daremos todos os devidos cuidados e muito carinho”, revela a jovem, que tem outros quatro cães adotados.

Já a psicóloga Fátima Freire, 48 anos, está abrigando temporariamente filhotes órfãos em casa, que ela encontrou abandonados dentro de uma caixa largada na rua. “Eu estou cortando um dobrado em casa, porque nunca tinha cuidado de cães tão novinhos. Ficarei com um dos filhotes e doarei os demais, mas a minha sorte foi conseguir orientação de um conhecido meu que é veterinário e me orientou, por exemplo, a não dar leite de vaca para os pequenos e, sim, leite artificial específico para cães órfãos”, conta.

OK, ok, se você também foi pego de surpresa, não entre em pânico! Veja a seguir como cuidar de seus bebês caninos:

Os primeiros dias

As cadelas ficam prenhes por cerca de nove semanas, então este é o tempo que os filhotes têm para se desenvolver. Os bebês caninos nascem cegos, surdos e desdentados. Mas, mesmo que eles não possam ver ou ouvir muito bem, eles podem fazer ruídos, que mais lembram miados.

Os filhotes recém-nascidos geralmente abrem os olhos entre os 10 e 14 dias de vida. Seus olhos são cinza-azulados e eles não enxergam muito bem no início. A visão do cachorro irá melhorar gradualmente e os seus olhos adquirirão a sua cor definitiva entre 8 e 10 semanas de idade.

O leite materno fornece aos filhotes todos os nutrientes que precisam nas primeiras quatro semanas de vida. Embora os recém-nascidos não possam andar, eles rastejam e instintivamente encontram o leite da mãe. Geralmente, eles amamentam a cada duas horas e dormem o resto do tempo. Para você ter certeza de que os filhotes estão recebendo leite suficiente da mãe, verifique a cada poucas horas se eles estão aquecidos e com a barriguinha cheia.

Se os filhotes chorarem ou parecerem ter dificuldade em encontrar a mama da mãe, procure colocá-los nos mamilos dorsais da cadela, porque eles têm mais leite. “Além disso, verifique frequentemente se eles não estão são empurrados por outros filhotes e acabam não conseguindo se alimentar. Ou, se por acaso, estão sendo rejeitados pela mãe”, destaca a veterinária Rose Flores.

Você também pode pesar os filhotes recém-nascidos a cada dois ou três dias para ter certeza de que estão ganhando peso. Use uma balança de cozinha para fazer esse acompanhamento. Saiba que o crescimento do filhote é muito rápido, graças à riqueza do leite da cadela: o peso dele dobra em oito dias, triplica em em três semanas e quintuplica em um mês.

Alimentando filhotes recém-nascidos

Se algo aconteceu com a mãe, criar filhotes órfãos pode ser muito reconfortante, mas também um pouco difícil de fazer. Os filhotes precisam ser alimentados a cada duas horas. Se você nunca fez isso antes, peça orientação ao seu veterinário sobre o aleitamento artificial.

Você alimentará os cãezinhos recém-nascidos com uma fórmula de substituição do leite materno feita especialmente para filhotes – facilmente encontrada nas pet shops. Prepare a fórmula conforme as instruções da embalagem (ou conforme indicado pelo veterinário) e use as orientações que sugerem quanto dar ao seu cachorro.

Atenção: Não dê leite de vaca para filhotes. Não dispõe dos mesmos nutrientes do leite de cadela e não tem calorias, cálcio ou fósforo suficientes para os filhotes em crescimento. Além disso, é muito rico em açúcares (lactose, em particular), o que provocará diarreia.

“Alimente o filhote com mamadeira ou seringa. Mas tenha cuidado para não alimentá-lo rapidamente, pois ele pode engasgar”, ensina Rose Flores. Ao final de cada refeição, faça o filhote arrotar – sim, assim como os bebês humanos! – colocando-o em seu ombro e esfregando lentamente suas costas até que ele expire.

Mantenha os pequenos bem aquecidos

É muito importante que os filhotes fiquem em um ambiente quentinho. Até a a terceira semana, o filhote é incapaz de manter por si só o corpo em temperatura adequada. Se estiverem com a mãe, tentarão aconchegar-se a ela e dependerão do calor de seu corpo para se aquecerem. Você já observou com atenção um grupo de filhotes? Eles gostam de se aconchegar para ficarem aquecidos e confortáveis.

Quando a mãe sai de perto ou apenas se afasta para fazer uma pausa nos cuidados com a cria, é importante que tenham outra fonte de calor. Você pode manter o ambiente aquecido ou colocar uma lâmpada de aquecimento sobre a área onde os filhotes estão, se houver necessidade.

Verifique se os bebês não estão são empurrados por outros filhotes e acabam não conseguindo se alimentar

Frequência do cocô

Os filhotes recém-nascidos precisam de ajuda para ir ao ‘banheiro’. A mãe faz isso lambendo-os, o que os estimula a urinar e defecar. Agora, se os filhotes forem órfãos, você pode ajudá-los mergulhando um paninho ou uma bola de algodão em água morna (substitutos da língua da cadela) e massageando suavemente o traseiro do bebê canino após a alimentação.

É muito importante que você faça isso, porque os filhotes não podem fazer as necessidades sem ajuda até 3 a 4 semanas de idade.

Até a a terceira semana, o filhote é incapaz de manter por si só o corpo em temperatura adequada

Desmame e introdução da ração

Um pré-desmame pode ser feito logo no fim da terceira semana de aleitamento. Com essa finalidade, coloque à disposição dos filhotes um mingau lácteo (à venda nas pet shops) ou introduza ração própria para filhotes macerada ou diluída em água morna. Dessa forma, o desmame será feito progressivamente até a quinta ou sexta semana, já é possível introduzir o alimento seco normal.

Se o seu plano for doar os filhotes, isso poderá ser feito assim que eles desmamarem e começarem a se alimentar com ração.

Primeiras lições de socialização

Os filhotes precisam de muita interação com outros cães, especialmente durante o período chave de socialização, quando eles têm entre 9 e 14 semanas de idade. Mas eles também são suscetíveis a doenças antes de serem totalmente vacinados, o que geralmente não acontece até que tenham cerca de 16 semanas de idade.

*

*

*

***

QUE TAL FAZER UM CURSO ONLINE HOJE?

Curso online Energy Pets – Equilibre a Energia do seu Pet. Chakras, Benzimento, Passes Energéticos,
Fitoernergética, Visão Espiritual, Cromoterapia, Cristais e Reiki. CLIQUE AQUI

E-book Biscoitos Naturais Para Cães. CLIQUE AQUI

E-book Dog Cookies. CLIQUE AQUI

E-book Adestramento Fácil Para Cães. CLIQUE AQUI

Veja em nossa loja as melhores ofertas de produtos para o seu pet! CLIQUE AQUI