Anuncie

(21) 98462-3212

Frisbee é diversão e esporte para tutores e cães

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Harmonia entre tutor e pet é fundamental para a prática dessa atividade.
Foto: Herbert Aust/Pixabay

A maioria dos cães adora correr atrás de bolinhas e outros brinquedos. Mas perseguir um frisbee pode ser algo bem mais divertido. Esse esporte canino consiste em fazer o animal pegar um disco de material plástico no ar e depois devolvê-lo ao condutor. Qualquer cão com idade superior à 1 ano pode praticar frisbee, mas existem algumas restrições. Animais com estrutura física mais pesada ou obesos não devem ser estimulados a saltar. Neste caso, os arremessos devem ser curtos e baixos.

Filhotes podem aprender a perseguir um disco rolando no chão ou, com um frisbee de tecido, pegar arremessos curtos e baixos, mas sem saltar, para não correrem o risco de sofrerem uma lesão. Cães que se saem melhor nesse esporte são os mais ativos, com estrutura leve e com instinto de caça.

O esporte é dividido em três modalidades: arremessos à distância, freestyle frisbee e arremessos com precisão. O arremesso à distância é o mais comum. A intenção é fazer o maior número de pegadas a longa distância durante dois minutos. A distância média dos arremessos normalmente varia de 10 a 30 metros.

No freestyle frisbee, o condutor literalmente dança com o cão. Ele escolhe uma música, realiza movimentos sincronizados e diversos tipos de arremessos com os discos – os que mais chamam a atenção são aqueles em que o cão usa a perna, o peito e as costas do condutor para impulsionar um salto e pegar o disco no ar. É a modalidade que exige mais criatividade e treinamento.

Já os arremessos com precisão são bem parecidos com as provas à distância. A diferença nesse caso, é que o condutor deve jogar o disco e o cão deve pegá-lo dentro de alguns círculos desenhados no chão. Quanto mais longe o círculo estiver, maior será a pontuação. Além de melhorar o relacionamento entre cão e tutor, essa também é uma atividade física e mental para ambos.

Para que o cão aprenda os exercícios será necessária prática diária e paciência, já que que pode levar dias, semanas ou meses para ele aprender. Sempre encerre a brincadeira enquanto o animal ainda estiver disposto. Assim ele sempre estará a fim de jogar novamente.

Exercício e diversão

COMANDOS. O treinamento será bem mais fácil se o cão já atender a exercícios de obediência, como “fica”, “busca”, “pega” e “vem”.

LOCAL. Pratique em um local plano, sem pedras, buracos e. de preferência, gramado. Antes de começar, faça um aquecimento com o cachorro.