Anuncie

(21) 98462-3212

Miau! Entenda a expressão vocal dos gatos

Gatos ronronam nos momentos de felicidade. Foto: Jiri Rotrekl/Pixabay

Por trás da beleza, graça e esperteza do gato, está um bicho afetuoso, que faz questão de demonstrar seu contentamento ao tutor. E é através de um som semelhante a um chiado de motor, o ronrom, que o gato sorri. O ronrom é a expressão vocal exclusiva dos felinos domésticos e selvagens de pequeno porte, como o lince e a jaguatirica. Gatos ronronam nos momentos de felicidade e quando querem chamar a atenção do tutor.

A origem do ronronar dos bichanos ainda não está cientificamente comprovada. Alguns estudiosos concluem que esse som é produzido pelas cordas vocais e músculos da laringe, que se contraem ritmicamente, provocando o som. Também é possível que seja produzido através do diafragma, o músculo da respiração. “Quando um gato ronrona, dá para sentir as vibrações de suas cordas vocais na garganta”, comenta a veterinária Nadine Frota. “Os felinos também usam o ronrom para se comunicar prazerosamente entre eles. Quando os gatos se reúnem em comunidade, os ronrons significam amizade”, diz.

Miados têm vários significados

De acordo com especialistas, cada gato pode emitir mais de 60 miados diferentes com significados diferentes dependendo da duração, entonação e intensidade. Em alto ou baixe volume, miados podem ser delicados, chiados, grunhidos, guturais e murmúrios. São usados pelos felinos nas mais diferentes situações: nos pedidos, nas conversas entre eles, para intimidar e demonstrar quando estão com fome, sede, zangados ou felizes.

“Geralmente, os miados mais altos são direcionados a outros gatos. Já os miados mais suaves são emitidos quando os destinatários são os tutores”, comenta Nadine.

O miado deve ser sempre considerado uma mensagem do animal para uma situação específica. São miados de alta intensidade o gemido de irritação, medo, dor, ataque e durante o cio. Saber interpretar os miados do gatinho é ter sensibilidade para entendê-los. “O tutor é capaz de perceber perfeitamente o que o animal está querendo apenas pelas diferenças mais sutis, como o tom e a duração”, explica a veterinária.

A forma do gato dizer “olá” para o tutor é um miado de som curto. Foto: Pexels

DICIONÁRIO FELINO:

CUMPRIMENTO. A forma do gato dizer “olá” para o tutor é um miado de som curto, quase sempre acompanhado de um roçar carinhoso na perna.

EXIGENTE. Gatos com fome e solitários soltam um miado que mais parece um choro desesperado.

CARINHO. Quando os gatos pedem carinho dão miados mais longos e de intensidade moderada. Já quando alcançam seu objetivo e recebem carinho, passam a ronronar.

DOR. São emitidos miados mais agudos, longos e mais espaçados.

CIO. Os miados são longos e estridentes. Esses miados longos traduzem emoções felinas mais intensas.

NO MUNDO. Alguns gatos raramente miam, como os das raças persa e o pelo curto americano. A raça felina considerada mais falante é siamês.

ROUQUIDÃO. Doenças do aparelho respiratório, como rinotraqueíte e pneumonia, podem causar rouquidão e até alterar a frequência e o timbre dos miados e ronrons.