Anuncie

(21) 98462-3212

AL: Animais são flagrados em condições de maus-tratos no Mercado da Produção

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Animais ficam por cima de uma cisterna, com fezes e urinas, um ambiente todo sujo. Foto: Divulgação

A equipe da Vigilância Sanitária de Maceió, com o apoio da Secretaria Municipal do Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária (Semtabes), esteve no Mercado da Produção, no bairro de Levada, na manhã desta quinta-feira (1º), para verificar a denúncia de maus-tratos a animais expostos no ambiente de comércio.

Segundo o coordenador Airton dos Santos, aves e caprinos usados para venda foram encontrados em espaço inapropriado em áreas do mercado, o que também coloca em risco a saúde da população. “Eles comercializam caprinos e aves em lugar inadequado, em espaço apertado, animais com fome, vivendo com maus-tratos”, disse.

“Juntos com a Semtabes, a Vigilância Sanitária vai orientá-los a retirar os animais e procurar outro lugar, que tenha pastagem, afinal o animal precisa ser tratado com carinho, tem que se alimentar, são seres vivos. E as pessoas precisam ter essa sensibilidade de não maltratá-los”, complementou.

Os comerciantes foram notificados e têm um prazo de 72 horas para a retirada dos animais dos locais. “É uma operação educativa, vamos dar oportunidade aos comerciantes. Vamos dar 72 horas para a retirada dos animais […] Eles ficam por cima de uma cisterna, com fezes e urinas, um ambiente todo sujo. E no comércio do mercado existe avícola, lanchonetes, barracas de frutas e verduras, e há um risco sanitário muito alto”, concluiu.

Não houve apreensão de animais, nem de materiais, durante a fiscalização de hoje.

Fonte: TNH1