Anuncie

(21) 98462-3212

AM: Ataques de morcegos em Coari podem ser devido ao desmatamento

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Casos de ataques de morcegos em comunidades ribeirinhas em Coari, no interior do Amazonas, estão sendo investigados e tratados com medicamentos antirrábicos pela Fundação de Vigilância em Saúde do Estado. Os ataques aconteceram no início de agosto e além de seres humanos, animais de estimação também foram mordidos por morcegos.

Foram 20 ataques de morcegos em seres humanos entre 1 e 39 anos de idade e animais de estimação, como gato e cachorro. Eles aconteceram entre os dias 01 e 11 de agosto, em comunidades ribeirinhas do município de Coari, localizado no rio Solimões, distante 363 quilômetros da capital amazonense, Manaus.  

Após os ataques, uma equipe epidemiológica da Fundação em Vigilância em Saúde FVS, está no local e tem como gerente, o epidemiologista Elder Figueiredo que detalhou as ações que estão sendo realizadas in loco e fez um alerta aos que criam animais domésticos. Ele lembra da importância de fazer a vacinação dos animais domésticos, como cães e gatos, que podem tanto transmitir doença contraídas após as mordidas dos morcegos, quanto se infectarem e terem problemas de saúde.

O gerente da FVS do Amazonas destacou também que os ataques são em decorrência das moradias estarem próximas às novas áreas desmatadas das florestas onde existe grande probabilidade de ser o habitat natural dos morcegos.

Os sintomas da raiva são mal estar em geral, pequeno aumento de temperatura do corpo, anorexia, cefaleia, náuseas, entorpecimento, irritabilidade e dor de garganta.

Fonte: Agência Brasil