Anuncie

(21) 98462-3212

Macacos-prego de vereadora do Piauí são apreendidos pela polícia; Thanandra Sarapatinhas se pronuncia

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Vereadora Thanandra Sarapatinhas (Patiota) com Chico e Caco. Foto: Reprodução

O Batalhão de Policiamento Ambiental da Polícia Militar apreendeu dois macacos pregos da vereadora Thanandra Sarapatinhas (Patriota) na última quarta-feira (11), em Teresina, no Piauí. Chico e Caco foram levados pelos policiais que cumpriam uma decisão da Central de Inquéritos de Teresina. A vereadora usou as redes sociais para se pronunciar sobre o caso. Thanandra conta que no momento da apreensão ela não estava em casa.

“No momento da apreensão, apenas a minha mãe estava na residência e não tinha em mãos o documento que atestava a legalidade da posse dos animais. Eu estava na Câmara Municipal e assim que soube fui imediatamente até lá. Mas, quando cheguei eles já tinham ido embora. Eu irei recorrer dessa decisão, pois tenho esses documentos em mãos, e com certeza terei meus filhos de volta em breve porque quero o melhor para eles, que sejam cuidados com amor, carinho, respeito, em um local onde eles têm paz e sossego”, disse a vereadora em uma postagem no Instagram.

A parlamentar disse ainda que foi surpreendida com a decisão. Ela falou que resgatou os dois macacos em 2018 e antes disso eles comiam esgoto, viviam em um espaço minúsculo, eram magros e tinham verme. Thanandra explicou que os animais sofriam maus-tratos e foram apreendidos pela polícia do Maranhão. Na época, ela realizava um curso de formação do concurso da Polícia do Maranhão e um delegado sabia que ela era protetora de animais e entregou os macacos para que ela cuidasse.

“Os acolhi no meu sítio, criei um local amplo para criação, custeei alimentação, tratamento veterinário e dei todo o cuidado e amor que eles merecem. Sou depositária fiel e obtive o termo em 2018. O delegado, sabendo que sou protetora, me confiou a guarda e desde então tenho cuidado deles.”, disse a vereadora.

A assessoria de comunicação da vereadora emitiu uma nota de esclarecimento e disse Thanandra vai recorrer da decisão. Veja a nota na íntegra:

“A protetora obteve o termo de guarda dos animais em 2018, quando realizava curso de formação do concurso da Polícia do Maranhão. Na época, acompanhou apreensão dos bichos que viviam em situação de maus-tratos. Sensibilizada com a situação, Thanandra Sarapatinhas acolheu os animais em seu sítio na zona rural de Teresina, onde criou ambiente amplo para criação e passou a custear alimentação e tratamento veterinário para eles.

A vereadora informa que recebeu com surpresa a decisão da Central de Inquéritos para que fosse realizada a apreensão dos animais nesta quarta-feira (11) e também demonstrou preocupação com o local para onde os eles serão realocados, uma vez que já não apresentam condições de serem reinseridos na natureza.

No momento da apreensão, apenas a mãe da vereadora estava na residência e não tinha em mãos o documento que atestava a legalidade da posse dos animais. Thanandra Sarapatinhas irá recorrer da decisão.”

Fonte: Piauí Hoje