Anuncie

(21) 98462-3212

Os humanos levaram 469 espécies de pássaros à extinção devido a milhares de anos de caça

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Novas descobertas divulgadas pela Universidade de Tel Aviv e pelo Instituto de Ciência Weizmann mostram que um grande número de espécies de pássaros estão extintas, sendo os humanos a principal causa, disse a instituição em um comunicado à imprensa.  

Os pesquisadores disseram que algumas características significativas tornam as aves facilmente disponíveis para humanos e caçadores, que vão em busca desses animais para se alimentar, resultando na extinção de 469 espécies de aves.

Diversidade das aves era muito maior. Foto: Pixabay

Nos últimos 20.000 a 50.000 anos, cerca de 10% a 20% de todas as espécies de aves desapareceram, de acordo com a pesquisa, divulgada no “Journal of Biogeography”.

O estudo foi conduzido pelo Professor Shai Meiri, da Escola de Zoologia da Faculdade de Ciências da Vida George S. Wise e do Museu de História Natural Steinhardt na Universidade de Tel Aviv, e por Amir Fromm, do Instituto Weizmann. A pesquisa observou que a grande maioria das espécies extintas têm várias semelhanças – eram grandes em tamanho, habitavam ilhas e a maioria deles eram incapazes de voar.

Os pesquisadores mostraram esperança de que suas descobertas ajudem a evitar mais extinção de pássaros.

Causa Principal para Extinção de Espécies

“Nosso estudo indica que antes do grande evento de extinção dos últimos milênios, muitos mais pássaros grandes, até mesmo gigantes, e que não voam, viviam em nosso globo, e a diversidade de pássaros que viviam nas ilhas era muito maior do que hoje”, destacou Shai Meiri.

Ele disse esperar que suas descobertas possam desempenhar o papel de alerta sobre espécies de aves atualmente ameaçadas de extinção. E também é crucial descobrir se elas possuem características semelhantes.

Mas, deve-se reconhecer que as condições mudaram muito e, atualmente, a principal causa da extinção de espécies pelo homem não é a caça, mas sim a destruição de habitats naturais.

Fonte: Natural World News