Anuncie

(21) 98462-3212

Israel luta para salvar animais em grande derramamento de alcatrão

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Tartarugas marinhas foram achadas incrustradas de alcatrão. Foto: Divulgação/Centro Nacional de Resgate de Tartarugas Marinhas de Israel

O primeiro-ministro interino do Líbano, Hassan Diab, afirmou que estava acompanhando o derramamento de alcatrão que pode ter se originado de um navio que passava perto da costa israelense e atingiu a costa sul do Líbano, relata a agência Reuters.

Autoridades israelenses disseram no último domingo que estavam tentando encontrar o navio responsável pelo vazamento de alcatrão – substância escura e viscosa que se obtém pela destilação da hulha ou do petróleo – que alcançou grande parte da costa do Mediterrâneo. O derramamento foi listado como um dos piores desastres ambientais de Israel nas últimas duas décadas. Até agora, a causa do incidente não foi esclarecida.

Os depósitos densos e pegajosos pretos que apareceram inicialmente em praias israelenses foram vistos nesta semana nas praias de uma reserva natural em Tiro, no sul do Líbano. Diab encarregou o ministro da Defesa, o ministro do Meio Ambiente e o Conselho Nacional de Pesquisa Científica para acompanhar o desenvolvimento da situação, lê-se no comunicado de seu gabinete, informa a mídia.

A ministra da Proteção Ambiental de Israel, Gila Gamliel, disse que um vazamento foi identificado a cerca de 50 quilômetros da costa em 11 de fevereiro, e que uma das dez embarcações que estavam na área naquele momento poderia ter sido responsável.

Algumas pessoas que se ofereceram para participar da operação de limpeza do derramamento de alcatrão foram hospitalizadas após inalarem gases aparentemente tóxicos. Enquanto isso, soldados foram recrutados para reforçar o esforço de limpeza. Calcula-se que levará meses ou anos para que a limpeza seja concluída.

Fonte: Br.SputinikNews.com