Anuncie

(21) 98462-3212

Titã australiano é reconhecido como uma nova espécie de dinossauro

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Fóssil foi confirmado como de nova espécie 15 anos após ser descoberto.
Foto: Reprodução

Um dinossauro gigantesco descoberto no interior da Austrália foi identificado como uma nova espécie e reconhecido como um dos maiores que já viveram pela Terra, anunciaram os paleontólogos.

O Australotitan cooperensis, da família dos titanossauros, finalmente recebeu nome e descrição 15 anos depois que os ossos foram encontrados. Se calcula que media entre 5 e 6,5 metros de altura e tinha de 25 a 30 metros de comprimento, o que o tornaria o maior dinossauro da Austrália.

“Com base nas comparações das extremidades preservadas, este novo titanossauro estaria entre os cinco maiores do mundo”, declarou Robyn Mackenzie, diretora do Museu de História Natural de Eromanga.

Os ossos fossilizados foram encontrados em 2006 em uma propriedade da família de Mackenzie, mil quilômetros ao oeste de Brisbane. O esqueleto foi apenas apresentado ao público um ano depois e só agora, após um extenso trabalho de comparação em 3D com os restos de outras espécies semelhantes, é que se chegou a conclusão de se tratar de uma nova espécie.

Scott Hocknull, paleontólogo do Museu de Queensland, disse que foi uma tarefa “muito longa e meticulosa” para confirmar que o Australotitan era uma espécie nova.